Ao lado de Derrite, Rosana Valle reforça combate ao crime em Santos
09/02/2024 14:32 em Redação - Rádio Palermo

Ao lado de Derrite, Rosana Valle reforça combate ao crime organizado em Santos-SP



Parlamentar do PL-SP assegurou compra de lancha blindada para o 2° BAEP na “Operação Verão” e garantiu mais dois veículos aquáticos de R$ 3 milhões cada para a PM e Marinha; Investimentos também atendem Polícia Científica e Forças Armadas



Diante da escalada de violência que resultou na morte de mais um policial militar em Santos-SP, no litoral paulista, nas últimas horas, a deputada federal Rosana Valle (PL-SP) renovou seu compromisso com a Segurança Pública do município. Ao lado do secretário de Estado de São Paulo, capitão Guilherme Derrite (PL-SP), a congressista confirmou a destinação de mais duas lanchas blindadas para a Baixada Santista - uma para a Polícia Militar (PM) e outra para a Marinha.



Os veículos aquáticos especiais vão auxiliar as forças de segurança na logística de operações deflagradas contra o crime organizado, no litoral. As embarcações serão destinadas pelas emendas impositivas da parlamentar de 2024. Com o custo aproximado de R$ 3 milhões cada, as novas lanchas somarão forças com outra do mesmo modelo que já está em operação no 2° Batalhão de Ações Especiais (BAEP) de Santos - também fruto de recursos federais enviados pela deputada.



Segundo Rosana, ela acompanha o que acontece com a Segurança Pública da Baixada Santista não apenas como congressista em segundo mandato e moradora de Santos, mas, também, como jornalista. O trabalho de mais de 25 anos produzindo notícia a fez identificar, inclusive, a omissão do Estado com o setor:



“São mais de 30 anos de sucateamento. Mandatos e governantes anteriores não investiram e valorizaram a Segurança Pública como deveriam. Pelo contrário: abandonaram as Polícias Civil e Militar e promoveram a defasagem nas corporações. Enquanto isso acontecia, essas gestões ainda permitiram que os bandidos ocupassem cada vez mais os territórios. Agora, com um novo governo, um novo governador e um novo secretário de Estado de Segurança Pública, corremos atrás do prejuízo. Só que não vai ser do dia para a noite que vamos resolver todos os problemas desta seara”, lamenta.



Em vídeo gravado ao lado de Derrite, em Santos, Rosana ainda assegurou a destinação de mais de R$ 1 milhão para a Polícia Científica. O recurso deve chegar dentro dos próximos meses para potencializar a investigação de crimes e garantir a compra de tornozeleiras eletrônicas e de drones:



“Com essas novas aquisições, as forças de segurança poderão chegar a locais de difícil acesso. Não vamos permitir que criminosos tirem a paz da população e continuem executando policiais. É preciso combater o crime organizado com ainda mais rigor e instaurar a paz em Santos”, complementou a deputada, que também é presidente da Executiva Estadual do PL Mulher de São Paulo.



Ao todo, as emendas de Rosana para as Forças Armadas chegam a R$ 17,3 milhões.



Entenda o caso

A morte do cabo José Silveira dos Santos na última quarta-feira (7/2), e em serviço, mobilizou a Secretaria de Segurança Pública do Governo do Estado de São Paulo a montar um Gabinete de Crise e de Gestão, em Santos, a fim de coordenar a operação policial da região, in loco. Confrontos entre policiais militares e criminosos já resultaram na baixa de mais três policiais, nos últimos dias.



Em paralelo, Derrite também anunciou uma recompensa de R$ 50 mil por informações sobre o assassino do PM Samuel Wesley Cosmo. Segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública, o autor do disparo que vitimou o policial, há uma semana, é Kaique Coutinho do Nascimento, o Chip, que está desaparecido desde o dia do crime:



“Essa transferência temporária da Secretaria de Segurança Pública para Santos é necessária para garantir uma eficiência maior da PM, com direito a tropas especializadas em situações de alto risco em áreas que foram negligenciadas durante anos. Toda essa operação é uma resposta à altura e que o crime organizado merece. Não vamos permitir que mais policiais morram em serviço”, pontuou Derrite.


COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!